fbpx
Close

outubro 8, 2020

WH Questions – O que é e como usar

wh-question-o-que-e-e-como-usar-capa

Você reconhece esse visual?

Bem provável que sim. E talvez, em algum momento tenha clicado justamente na caixinha que te encara: “What is on your mind?”

A pergunta, traduzida informalmente para “No que você está pensando?” é uma maneira de chegar até a pessoa para tentar descobrir o que ela gostaria de compartilhar. Desse modo, fica mais fácil interagir e criar correspondência com quem está no diálogo.

Cada um, com seu universo infinito pode ter muito a oferecer e, sabemos que as perguntas certas podem direcionar aos objetivos a serem alcançados. Bom, para fazer uma boa pergunta é necessário começar de algum lugar. E é este lugar que vamos visitar hoje.

Confira os tópicos que separamos para você:

QUAIS SÃO AS WH QUESTIONS?

Esse conceito é estudado porquê várias perguntas se formam a partir dessa sigla W H.

E com essas 9 palavras para perguntas é possível criar diferentes estruturas de questionamentos e aprofundar em respostas.

Vamos para alguns exemplos do uso de cada uma:

wh-questions-o-que-e-e-como-usar-imagem

What will you take to the meeting? – O que você levará para reunião?

When will we have a happy hour? – Quando teremos um happy hour*?

Happy hour, na tradução literal significa hora feliz, o que corresponde a uma celebração informal, normalmente na sequência do horário de trabalho, normalmente não traduzimos.

Which room was selected for the interview? – Qual sala foi selecionada para a entrevista?

Whom he handed the report? – A quem ele entregou o relatório?

Why did she leave later? – Por que ela saiu mais tarde?

How many people are in the auditorium? – Quantas pessoas estão no auditório?

Agora que você já tem uma visão geral dessas questões, vamos passar para a compreensão do uso de cada uma delas.

COMO E QUANDO USAR CADA WH QUESTION

WHAT

É bem possível que essa seja a palavra mais comum entre estas. O WHAT te dará a chance de perguntar “o que” e também “quais”, formando cenários para perguntas mais abertas e também para direcionar a atenção para algo não específico. Podemos dizer também que essa é uma ótima palavra para abrir as perguntas quando você está aprendendo inglês. Veja porquê:

What is it? – O que é isso?

What are your plans for today? – Quais são seus planos para hoje?

WHEN

Quer saber o momento que algo vai acontecer?

Eis aqui a palavra para propor assertividade em uma pergunta. A partir do WHEN você pode atravessar a incerteza da espera.

When does the order arrive? – Quando a encomenda chega?

When do you plan to travel? – Quando você planeja viajar?

WHICH

Which também é equivalente ao  “O QUE” ou “QUAIS”, mas aqui o uso é específico. Ele surge quanto você quer limitar a informação para algo que quer descobrir. Então, enquanto o “WHAT” te dá oportunidade de perguntas mais abertas, WHICH é como se fosse uma chave: está relacionada a uma porta específica:

Which of these two do you want? – Qual desses dois você quer?

Which do you prefer: bicycle or bus? – O que você prefere: bicicleta ou ônibus?

Fique atento para esse detalhe na escrita de WHICH:

Which Witch is this? Que bruxa é esta?

WHO

Quem perguntou?

Saber quem está praticando a ação é algo que te apoiará muito no momento de interagir com alguém, afinal, dar os créditos é necessário.

Esse não tem muito segredo. Você está direcionando a pergunta para revelar quem é o sujeito da frase:

Who will interview him? – Quem entrevistará ele?

Who asked? – Quem perguntou?

WHOM

Aqui temos uma abordagem formal para perguntas direcionadas a pessoas. O que diferencia o WHOM do WHO é a colocação na estrutura da frase, ou seja, enquanto o WHO substitui o sujeito, questionando quem faz a ação, o WHOM fala sobre quem recebe a ação, substituindo então, o pronome objeto (object pronoun). Nesse caso é bem comum ver preposições (at, to, by, for, in, with, etc.) antecedendo o WHOM. Vamos ver:

Whom do you live with there? – Com quem você mora lá?

For whom lunch was delivered? – Para quem o almoço foi entregue?

WHOSE

Essa talvez seja a menos comum entre as WH Question, mas só por ele ser bem específico, ao ser usado para perguntar a quem pertence algo.

Whose notebook is this? – De quem é esse notebook?

Whose report is that? – De quem é aquele relatório?

WHY

Essa é aquela palavra que pode abrir até a caixa de pandora de cada pessoa. Ao perguntar o motivo de algo, o WHY te servirá para aprofundar em algo, então ele propõe que você esteja atento(a) a compreender o que está além e isso é algo fundamental, não é mesmo?

Why didn’t you come yesterday? – Por que você não veio ontem?

Why do we need to go today? – Por que nós precisamos ir hoje?

HOW MUCH

Vamos separar esses dois para explicar com mais carinho.

HOW MUCH está relacionado aquilo que não é possível quantificar com exatidão. Por exemplo, a quantidade de carinho. Não conseguimos mensurar uma expressão de afeto, não é mesmo?

Talvez por isso essas expressões sejam tão importantes?

How much attention can you give to this? – Quanta atenção você pode dar para isso?

How much did your skirt cost? – Quanto custou sua saia?

No inglês, aquilo que não se conta é chamado de mass noun ou noncount noun, ou seja, os incontáveis.

HOW MANY

Agora para algo count noun (contáveis) usamos HOW MANY, pois é possível colocar em caixas, entender quando começa e termina algo, identificar exatamente o volume. Ele serve para as coisas contáveis.

How many spoons of sugar do you want? – Quantas colheres de açúcar você quer?

How many post-its will you need? – Quantos post-its você precisará?

E como é que posso lembrar quando usar um ou o outro?

Coisa de treino. Isso não tem segredo, quanto mais você pratica, mais fácil será a utilização, mas para dar um pontapé inicial na memorização, você pode criar personagens fictícios em sua cabeça, aos quais: Many sabe fazer contas e Much não sabe. Isso pode facilitar a assimilação do conceito e também lembrar da referência de que MUCH tem a letra U de uncountable (incontável em inglês).

COMO ESTRUTURAR A QUESTÃO

Nos exemplos mencionados você pode perceber os verbos auxiliares em algumas frases e em outras, diretamente para o substantivo, pois era o elemento para revelar a resposta.

No momento de estruturar sua questão, observe que você precisará revelar o tempo verbal que está perguntando e, consequentemente quem responde, também retornará considerando esse tempo verbal, mas se não existe a necessidade de declarar o tempo verbal, passe direto para o que importa. Isso será comum em questões com WHOSE E HOW no presente.

Erros mais comuns ao usar WH Questions

ESTRUTURA DE PERGUNTAS COM WHOSE

Você notou que a colocação das palavras está de uma maneira diferente do que falamos em português?

Se fossemos traduzir ao pé da letra, seria algo como: “De quem relatório é aquele?” Não parece muito funcional, não é mesmo?

É possível falar também “Whose is this notebook?”, porém não é comum. Ao praticar ficará mais fácil compreender que aquilo que pertence é colocado logo em seguida da palavra que pergunta a quem e, finaliza-se a frase com o verbo to be e um pronome demonstrativo (this, that, these and those), mas como disse ali, é algo que com a prática ficará mais tranquilo.

WHOM E WHO IS

Importante saber que, no momento de treinar a escuta do inglês, você precisará estar atento (a) a uma pegadinha.

Tanto WHOSE, quanto WHO IS tem a pronúncia igual: “WHOZE”. E esse som de Z ao final podem te deixar na dúvida se compreendeu mesmo aquilo que foi perguntado, mas na verdade é só lembrar disso que logo o botãozinho no cérebro lembrará que ao falar “Who is watching the movie?” a pessoa está perguntando quem está assistindo ao filme e não de quem está assistindo o filme, o que não faz sentido nenhum, não é mesmo?

PERGUNTANDO A IDADE

Esse pode ser um erro para esse início, então vamos desde já colocar na memória que, ao perguntar a idade de alguém a formação da questão é:

HOW OLD ARE YOU?

E não “What years you have?”

Combinado?

Próximas etapas para dar continuidade ao aprendizado

Ler o artigo é apenas o primeiro passo para compreender as regras do WH Questions em inglês. Contudo, só isso nao basta. Aqui na Raise, acreditamos que para obter o sucesso no idioma, é preciso que mais 04 passos sejam seguidos, bem como:

Passo 2 – Resumir:  Para lembrar a longo prazo o que você aprendeu na teoria é importante fazer um resumo de acordo com o seu perfil de aprendizagem assim você fixa o conteúdo e pode voltar a consultar sempre que precisar.

Passo 3 – Praticar: É extremamente importante aplicar a teoria aprendida no seu objetivo com o idioma da maneira mais prática possível.

Passo 4 – Feedback: Validar os seus conhecimentos com um especialista, mentor, amigo ou alguém que possa te ajudar a corrigir e debater para que você possa aperfeiçoar os seus estudos.

Passo 5 – Revisar: Após recebido o feedback o último passo é voltar no seu resumo e ver se tem algo a atualizar, além disso é importante analisar como foi o processo de estudo e pensar se tem algo a melhorar antes de seguir para um novo ciclo de planejamento de estudo com novos conteúdos.

Siga esses passos e com certeza vai fixar muito melhor os conteúdos aprendidos e terá maiores chances de lembra-los em um futuro próximo!

Se você sente necessidade de um direcionamento e acompanhamento personalizado no seu estudo ou tem urgência de alcançar a fluência, podemos te ajudar com isso, baixe gratuitamente a nossa ferramenta para você fazer o seu planejamento de estudos agende uma mentoria avaliativa para você entender o que precisa fazer para alcançar o seu objetivo de uma maneira mais rápida e menos dolorosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.