fbpx
Close

julho 20, 2021

3 táticas para otimizar o tempo de estudo de inglês

3-taticas-para-otimizar-seu-estudo-de-ingles-capa

Com certeza você adoraria ter mais tempo para fazer as coisas, não é mesmo? Apesar de ser impossível ter dias com mais de 24 horas, a boa notícia é que, na verdade, o que você precisa é otimizar o seu tempo. Inclusive, falamos mais sobre essa questão de administrar o tempo no nosso vídeo, que você também pode conferir em formato de artigo – Como ter tempo para estudar inglês?

O que você acharia de alguém que afirma estar organizando bem o próprio tempo? Que não está atarefado ou “corrido”? Certamente pensaria que esse indivíduo está desempregado ou de férias, afinal, criou-se o senso comum de que produtividade é sinônimo de falta de tempo.

Queremos desmistificar essa ideia! Este artigo, além de te ajudar a desconstruir a sua relação com o tempo, vai te ensinar 3 táticas para otimizar o seu estudo de inglês dentro do tempo disponível na sua rotina, que são:

  1. Estude por necessidade 
  2. Estude, resuma e aplique 
  3. Desenvolva seu canal auditivo 

Táticas para otimizar seu tempo de estudos

Nem que sejam 10 minutos por dia, invista seu precioso tempo e potencialize os seus estudos, levando em conta as seguintes estratégias:

Estude por necessidade

Principalmente em razão da gigantesca quantidade de conteúdos disponíveis, fica difícil saber focar e guiar-se por um planejamento em específico. Ter um foco significa alinhar os seus estudos com o seu objetivo, é separar e estudar os conteúdos que correspondem com a sua necessidade.

Muitos estudantes são apegados a métodos de estudos mais tradicionais, com muitas aulas expositivas e avaliações constantes. Quando o estudante se vê diante de uma proposta diferente, que o coloca numa posição mais ativa no ato de aprender, estranhamentos podem ser causados, afinal, estamos todos acostumados a absorver conhecimento ao invés de ir atrás do próprio conhecimento.

É essencial, contudo, mudar a perspectiva sobre o próprio estudo de inglês e, ao contrário de somente ser expectador de milhares de conteúdos, ter em mente qual o seu objetivo com o inglês e, de acordo com o seu anseio, estudar focado nisso. Isso exige, sem dúvidas, uma autoanálise.

Estude, resuma e aplique

É essencial o equilíbrio entre o estudo da teoria e a prática. Aliás, um dos erros mais comuns praticado pelos estudantes é acumular muita teoria antes de praticar.

É normal ter medo e insegurança na hora de falar em inglês, por isso até mesmo que alguns estudantes focam muito na teoria em detrimento da aplicação. Mas a verdade é que a segurança não vem somente da teoria mas, principalmente, da prática, já que através da comunicação oral é que erros serão cometidos e solucionados.

Você pode praticar independentemente do quanto já estudou. É por isso que existem fóruns de conversação organizados pelos níveis de domínio da língua, afinal, todos devem ser contemplados com a prática da fala.

Desenvolva seu canal auditivo

Nós sabemos, sim, que muitas pessoas são visuais. Porém, desenvolver seu perfil auditivo pode te ajudar a otimizar o tempo de estudo do inglês.

É difícil conciliar atividades se você é uma pessoa visual, contudo, esforçando-se para intensificar seu lado auditivo, é possível estudar inglês – ouvindo podcasts e músicas por exemplo – ao mesmo tempo em que faz outras tarefas do seu dia.

Claro que isso dá certo quando as duas tarefas não envolvem, ambas, a necessidade de atenção; não vale ouvir podcast e assistir aula de matemática ao mesmo tempo. Contudo, aguçar seu lado auditivo super dá certo enquanto você dirige, cozinha ou toma banho.

“Ah, mas eu preciso anotar aquilo que estou escutando!”. Já foi comprovado que ouvir e escrever ao mesmo tempo vai te fazer perder o foco em uma dessas duas práticas. Portanto, escute com atenção, sem fazer anotações e, em um segundo momento, você poderá se dedicar a resumir o conteúdo que foi ouvido.

A recomendação é fazer um planejamento de estudos semanal, geralmente no domingo. Ter acesso a uma ferramenta de organização de estudos é importante porque, ao final, é possível visualizar os resultados, analisar as táticas e, finalmente, refletir sobre quais os próximos passos.

O inglês está massivamente presente em nossas vidas! Cabe a você colocar-se como protagonista do seu aprendizado e aproveitar todas as oportunidades para utilizar todo tempo possível para absorver conhecimento.

Ao colocar na prática as 3 táticas acima você poderá otimizar o seu tempo, não só para o estudo do inglês, mas para aprender algo novo. Não se deixe levar pela máxima de que “não tenho tempo para nada”, assuma as rédeas da sua vida, planeje-se, tenha foco e fique mais perto da fluência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.